AutoSerra - O classificado automotivo da Região Serrana
Painel do Anunciante
Favoritos

Leia nossos

Artigos


O Problema: Trânsito


Tatiana M.Braga
Suporte web
tatiana@trustinfo.com.br
TrustInfo Soluções Web
www.trustinfo.com.br

O Problema: Trânsito

O Problema: TrânsitoHoje, um dos grandes problemas que enfrentamos é o engarrafamento. É um problema no mundo inteiro. Infelizmente, por falta - em praticamente todos os casos - de planejamento urbano.
Uma das formas de resolver esse problema seria com transporte publico, porém, as superlotações destes, transformam uma solução em transtorno.


Fonte: super.abril.com.br

Algumas soluções para melhor a situação no trânsito das cidades:

1 - “Atacar” por diversos ângulos. Não será possível convencer todas as pessoas a andarem ou usarem o transporte de massa. Por isso, todas as possibilidades devem ser exploradas. Corredores de ônibus, bicicletas, metrôs e trens elétricos, por exemplo, podem e devem funcionar, integradamente. O trânsito de massa faz mais sentido quando se resume a um grande número de pessoas, se deslocando para o mesmo lugar – e não o contrário.

2 - Entrar para o movimento das bicicletas elétricas. As bikes elétricas são cada vez mais vistas em ciclovias e ruas. Elas funcionam bem para que o usuário chegue menos cansado ao trabalho e evite os engarrafamentos. Como a bike pode acelerar até uma média de 50km/hora, lembre de sempre usar o capacete e respeitar os outros passantes, em ciclovias mais cheias.

3 - Programas de bicicletas públicas. Eles já tiveram sucesso em muitas cidades, e apresentaram problemas em algumas outras. Mas a idéia não deixa de ser boa, e se sustentada por um plano de afiliação prático, adaptado à regiões bem urbanizadas das cidades, pode facilitar a vida de muitas pessoas.

4 - Carona Solidária: Carona Solidária é um portal online que visa auxiliar na redução do trânsito de veículos e melhorar a qualidade do ar das grandes cidades. Com notícias em tempo real sobre o trânsito e meio-ambiente, o portal também possibilita que usuários cadastrados ofereçam e peçam caronas. Os usuários podem visualizar as rotas das caronas oferecidas através da integração do portal com a ferramenta Google Maps. Outra funcionalidade disponibilizada é a possibilidade ao acesso dos serviços do portal através de dispositivos móveis, agilizando o processo de negociação entre quem oferece e quem solicita as caronas. (Confira: www.caronasolidaria.com )


Fonte: www.caronasolidaria.com

Exemplos, do exterior, que ajudaram (e muito) a diminuir os problemas com engarrafamentos:

Londres

• Injetou mais de 110,5 milhões de libras da receita na melhoria dos transportes públicos.
• Taxou em 8 libras (cerca de 30 reais) por dia os motoristas que desejavam utilizar o espaço público do centro expandido da cidade (de 45 quilômetros quadrados), entre 7h e 18h.
• Para garantir o cumprimento das regras, instalou câmeras nas principais entradas em direção ao centro expandido. Elas controlam os veículos pelas placas. A precisão é de 90%.
• Facilitou o uso do novo sistema. Os moradores da área pedagiada têm desconto de 90% do valor. O pedágio urbano londrino pode ser pago por SMS, telefone, correio, internet, em lojas credenciadas e máquinas de auto-atendimento.
• Em 2008, uma nova regra: veículos poluidores acima de 12 toneladas terão de pagar 200 libras diárias (o equivalente a 690 reais) para trafegar na região metropolitana.
Os resultados das medidas:
• Redução de 21% do fluxo de automóveis e aumento de 43% o número de bicicletas.
• Os ônibus passaram a andar mais rápido.
• centro livrou-se de uma frota de cerca de 53.000 veículos diários.
• Entre cada dez engarrafamentos, três sumiram do mapa.
• Houve diminuição de quase 20% nos níveis de gás carbônico.
• Cerca de 47 acidentes diários são evitados. Além disso, os feridos em acidentes sofreram redução de 8%.
• número de taxis cresceu em 20% e a oferta de ônibus em igual proporção.
• uso de moto e bicicleta aumentou 30% cada.
• tempo das viagens diminuiu, em média, 17% e a velocidade média subiu de 14,3 para 16,7 quilômetros por hora.
• Londres ganhou o direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2012, com elogios ao projeto para o trânsito.

Cingapura

Em 1975, estreou pedágio urbano, das 7h30 às 19h30, de segunda a sexta-feira. Reduziu o trânsito em 47% no período da manhã e de 34% no período da tarde. A procura pelo transporte público cresceu 63% e o uso do automóvel diminuiu 22%.

Bergen, Oslo, Trondheim e Stavanger, na Noruega

Entre 1990 e 2001, estrearam pedágio urbano. Os engarrafamentos caíram 10% durante o horário de pico. A receita obtida com o pedágio foi usada em projetos ambientais.

Observando esses exemplos do exterior, podemos ver que além de ajudar na fluidez do trânsito, essas medidas ajudam na preservação do meio ambiente.

Fontes:
http://www.revistaau.com.br/
http://www.caronasolidaria.com/
http://veja.abril.com.br
http://super.abril.com.br

Você entende de carros? Gostar de pesquisar sobre o assunto? Gostaria de escrever artigos para o AutoSerra?

Clique aqui e fale conosco.
» Home
» Carros
» Carros antigos
» Motos
» Anunciar
» Lojas
» Guia de serviços
» Favoritos
» Artigos
» Notícias
» Contato
» Perguntas frequentes
» Quem somos
» Publicidade
» Termos de uso
» Política de privacidade
Tel.: (24) 2246-7476
Email.: contato@AutoSerra.com.br
Atendimento de segunda a sexta - 9h às 16h (intervalo 12h - 13h)

Formas de pagamento


AutoSerra - O classificado automotivo da Região Serrana
Todos os direitos reservados

Versão: 20170612